Porto Velho (RO) domingo, 24 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Projeto isenta portador de pneumonia de pagar IR


Tramita na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) projeto de lei do senador Romeu Tuma (PFL-SP) que propõe isentar do Imposto de Renda os aposentados por pneumonia grave. O PL 37/06 altera a Lei 7.713/88, que especifica os casos que motivam a concessão desse benefício. Entre eles, estão as deficiências provocadas por acidente em serviço, alienação mental e tuberculose ativa.

Na justificativa, Tuma explica que o projeto foi motivado por uma carta enviada a seu gabinete por um cidadão. O autor da carta solicitou ao senador a inclusão dos que sofrem de "enfisema pulmonar grave" na lista dos beneficiados com a isenção do imposto de renda.

As vítimas da pneumopatia grave, disse Tuma, apresentam um quadro irreversível e de piora progressiva, que requer assistência intensa e consome recursos vultosos dos portadores e de seus familiares.
      
Fonte: Agência Senado

Mais Sobre Política - Nacional

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

"Você vê uma criança bonitinha, de 12 anos de idade, entrando em uma escola pública, não sabe o que ela vai fazer depois da escola. É muito complicado

Fachin precisou de 45 minutos para anular julgamento de Lula

Fachin precisou de 45 minutos para anular julgamento de Lula

O intervalo de tempo entre a publicação da decisão do TRF-4, de Porto Alegre, e do ministro Edson Fachin, do STF, que arquivou na noite desta sexta 22

Marco Aurélio diz que prisão de Lula é ilegal

Marco Aurélio diz que prisão de Lula é ilegal

Um dos ministros mais experientes do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso il

TRF-4 homologa delação premiada de Palocci à PF

TRF-4 homologa delação premiada de Palocci à PF

Desembargador Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, de Porto Alegre, validou nesta sexta-feira a delação premiada do ex-ministro An