Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Processos contra sanguessugas só chegam ao Conselho de Ética depois das eleições


Evandro Eboli - Agência O GloboBRASÍLIA - Os processos contra 69 deputados citados no relatório preliminar da CPI dos Sanguessugas não serão abertos no Conselho de Ética antes das eleições. A relação que a CPI vai enviar à Mesa Diretora da Câmara será encaminhada depois à Corregedoria da Câmara. Por conta de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), a Corregedoria é obrigada a dar prazo de cinco sessões no plenário da Câmara para que os acusados apresentam sua defesa. Como até o dia 1º de outubro, dia da eleição, estão previstas apenas três sessões do plenário, nos dias 4, 5 e 6 de setembro, os processos só serão abertos no Conselho após a eleição.A decisão do Supremo ocorreu num recurso apresentado por parlamentares acusados de envolvimento no mensalão - João Paulo Cunha, Professor Luizinho e José Mentor, todos do PT de São Paulo. Com isso, dificilmente os parlamentares acusados renunciarão ao mandato para evitar a cassação antes da eleição. Eles devem esperar o resultado das urnas, e aqueles que não se reelegeram poderão renunciar ao mandato para evitar a perda dos direitos políticos.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul