Porto Velho (RO) quinta-feira, 18 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Presidente da Petrobras diz estar indignado e chama repórter de irresponsável


Agência O GloboRIO - O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, convocou uma entrevista coletiva nesta terça-feira para contestar as recentes reportagens que vincularam os convênios da Petrobras com ONGs ligadas ao PT e ao MST. Gabrielli abriu o encontro com um pronunciamento em que procurou diminuir a importância dos valores dos contratos citados nas reportagens.- Nosso investimento (R$ 22,6 bilhões) tem impacto enorme na economia. E as matérias falam em contratos de R$ 31 milhões. É completa irrealidade e falsidade. Temos 70 mil fornecedores. Uma quantidade gigantesca. Escolher, entre eles, alguém que tenha alguma vinculação é a coisa mais fácil que tem.Gabrielli foi agressivo e chamou um dos repórteres do jornal O Globo de irresponsável. Ao ser perguntado se a Petrobras mostraria pelo menos um dos contratos com ONGs, voltou a exibir a sua irritação:- Evidentemente, você não é uma pessoa bem-vinda aqui - respondeu o presidente da maior estatal do país.O presidente da Petrobras afirmou estar "indignado" e "revoltado" com as reportagens publicadas pelo GLOBO e pela "Folha de S.Paulo" sobre as ligações políticas da estatal. Ele disse ainda que as reportagens fazem ilações, e que ele também poderia fazer algumas, citando a apresentação pelo senador Heráclito Fortes de requerimento de criação de CPI para investigar ONGs.- Eu poderia, por exemplo, fazer uma ilação de que há coincidência muito grande entre a posição do PFL neste momento e o que você está fazendo. Poderia dizer que você está trabalhando para o PFL.Em nenhum momento da coletiva, convocada para responder às denúncias, Gabrielli entrou no mérito das reportagens. Para justificar alguns contratos, o presidente citou números.- Montamos 750 cursos em 5.400 turmas espalhadas em todos os estados, que vão treinar 70 mil pessoas. Os recursos são repassados diretamente às instituições que darão o curso. Nada passa pelas empreiteiras. O que saiu é fantasioso e mentiroso.Em nenhum momento, contudo, o presidente explicou as vinculações da ONGs e de empreiteiros favorecidos com os recursos da empresa.

Mais Sobre Política - Nacional

Decreto de Jair Bolsonaro extingue centenas de canais de participação social em políticas públicas

Decreto de Jair Bolsonaro extingue centenas de canais de participação social em políticas públicas

No pacote divulgado ontem (11) para marcar os 100 dias de governo, o presidente Jair Bolsonaro assinou o Decreto 9.759, que pretende diminuir de 700 p

Senador Confúcio Moura faz intervenção e ministro da Saúde manterá tratamento de saúde especial aos indígenas

Senador Confúcio Moura faz intervenção e ministro da Saúde manterá tratamento de saúde especial aos indígenas

Diversas lideranças indígenas procuraram os vereadores Joveci do Pacarana (PSDB) e Adão Salvatico (PRB), em Espigão do Oeste, para tentar impedir a ex

Violência Doméstica contra mulher pode implicar em indenização

Violência Doméstica contra mulher pode implicar em indenização

Mulheres vítimas de violência doméstica estão mais perto de conquistar direito à indenização por danos morais. Pelo texto do Projeto de Lei 1380/19, q

O presidente Jair Bolsonaro admite: Pressão derrota Capitalização na Previdência

O presidente Jair Bolsonaro admite: Pressão derrota Capitalização na Previdência

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o regime de capitalização, um dos pilares da proposta de reforma da Previdência idealizada pelo ministro da Ec