Porto Velho (RO) domingo, 18 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Presidente da OAB-RJ pede demissão do ministro da Defesa


Agência O GloboSALVADOR - O presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio de Janeiro, Octávio Gomes, defendeu nesta quarta-feira a imediata demissão do ministro da Defesa, Waldir Pires, em virtude da crise pela qual vem passando o transporte aéreo nas últimas semanas. Segundo ele, o ministro tem deixado claro que não tem condições de resolver o problema.- A crise do tráfego aéreo no Brasil tem se agravado a cada dia, com prejuízos incalculáveis a milhares de cidadãos, e o ministro da Defesa tem dado demonstração de absoluta incompetência para resolvê-la, razão pela qual a sociedade clama por sua substituição por alguém com aptidão para solucionar o problema - disse o presidente da OAB-RJ, que participa de um congresso de advogados em Salvador.Para Octávio Gomes, a greve dos controladores de tráfego aéreo no país, que tem provocado atrasos constantes em vôos nos principais aroportos do país, é apenas mais um dado nessa crise que se iniciou com o acidente da Gol.- Acidente sobre o qual a população brasileira até hoje não conhece as verdadeiras causas, o que também revela a incompetência do ministro Waldir Pires, que tem tergiversado sobre os verdadeiros fatos que levaram àquele drama - se é que os conhece - disse Octávio Gomes.

Mais Sobre Política - Nacional

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele