Porto Velho (RO) domingo, 5 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PRECATÓRIOS: Orestes Muniz coordenará discussão dia 08



Britto convoca para dia 08 ato que vai discutir PEC dos precatórios

Brasília, – O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto, convocou para o próximo dia 08, às 11h, na sede da entidade em Brasília, um ato cívico para discutir a questão dos precatórios e a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) n° 12, que institui um novo regime para esses títulos orçamentários emitidos para quitação de débitos judiciais de responsabilidade dos governos federal, estaduais e municipais.

O ato, coordenado pelo presidente da Comissão de Defesa dos Credores Públicos do Conselho Federal da OAB, Orestes Muniz (conselheiro federal por Rondônia) será realizado simultaneamente à sessão plenária da entidade e para ele estão sendo convocados os dirigentes das 27 Seccionais da OAB, parlamentares, sindicalistas, organizações do movimento social e outras entidades da sociedade civil. 

Fonte: OAB

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu