Porto Velho (RO) sábado, 19 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PR incha e levanta suspeitas


Isabel Braga e Evandro Éboli - Agência O GloboBRASÍLIA - Um dos pivôs do escândalo do mensalão, o PR (antigo PL), não pára de crescer e volta a levantar suspeitas na Câmara dos Deputados. O partido elegeu 23 deputados em 2006, na fusão com o Prona ganhou mais dois, mas hoje já tem uma bancada de 38. Acusado de oferecer vantagens na liberação de emendas do Orçamento e cargos no governo Lula para atrair deputados, o partido incha e é bombardeado pela oposição, maior vítima da debandada geral. A maior parte dos deputados que foram para o PR saiu de partidos da oposição - PFL, PSDB e PPS.O PPS perdeu dois deputados para o PR: Homero Pereira (MT) e Lucenira Pimentel (AP). No caso de Homero, Coruja afirma ser ligado ao governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, que filiou-se recentemente ao PR.Até mesmo o ex-deputado Roberto Jefferson, presidente do PTB, que denunciou o mensalão e teve o mandato cassado, atacou na terça-feira a prática da qual se utilizou no passado:- O que o PR está fazendo me preocupa. Conheço essa prática. Já vi esse filme e já li esse prefácio.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul