Porto Velho (RO) quarta-feira, 24 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PPS lidera em RO e no MT e tem disputa acirrada no Acre


Dos cinco candidatos do PPS a governador, dois deles, Blairo Maggi (MT) e Ivo Cassol (RO), lideram com folga, segundo pesquisas, a corrida eleitoral. No Acre, Márcio Bittar está em situação de empate técnico com o candidato do PT. Já a deputada Denise Frossard, que disputa o governo do Rio de Janeiro, segue em terceiro lugar, mesma situação de Rubens Bueno, que concorre ao governo do Paraná. 

Entre os candidatos do partido, o governador Blairo Maggi, que busca a reeleição no Mato Grosso, está em situação mais confortável. De acordo com a última pesquisa divulgada pelo Ibope, ele está com 47 pontos de vantagem contra o segundo colocado. O levantamento do instituto mostra Maggi com 60% das intenções de voto, contra 13% de Antero Paes de Barros (PSDB) e 5% de Serys Slhessarenko. Permacendo essa situação, o governador será reeleito no primeiro turno.

Em Rondônia, as pesquisas também mostram ampla vantagem do governador Ivo Cassol, outro candidato do PPS que disputa a reeleição e pode vencer já no primeiro turno. O último levantamento do Ibope dá a Cassol 57% dos votos. Fátima Cleide (PT) tem 10%; Amir Lando (PMDB) fica com 8% e Carlinhos Camurça (PSB) aparece com 7%.

No Acre, Márcio Bittar (PPS) e Binho Marques (PT) se revezam na liderança das últimas três pesquisas divulgadas. A mais recente delas, realizada pelo Ibope, mostra Marques com 42% das intenção de voto, seguido de Bittar com 35%. O terceiro colocado é Tião Bocalom (PSDB), que alcança 7% dos votos. A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos. Segundo o Ibope, o segundo turno é certo no estado.
    
Rio de Janeiro e Paraná
    
No Rio de Janeiro, a deputada Denise Frossard segue em terceiro na disputa pelo governo do estado. O último levantamento do Ibope lhe dá 12% das intenções de voto contra 17% de Marcelo Crivella (PRB) e 41% de Sérgio Cabral Filho (PMDB). A candidata do PPS vem crescendo desde o início da campanha e está prestes a ultrapassar Crivella.

No Paraná, Rubens Bueno luta contra a máquina do governo de Roberto Requião (PMDB) e se mantém em terceiro lugar na disputa. Último levantamento do Ibope lhe dá 5% dos votos, contra 26% de Osmar Dias (PDT) e 43% de Requião. O candidato do PPS vem intensificando a campanha e não se abala com os números apresentados pelo Ibope. Até porque, na última eleição para a prefeitura de Curitiba o instituto errou em quase 10% o seu percentual de votos.
 

Mais Sobre Política - Nacional

Senador Marcos Rogério sugere o afastamento cautelar de diretor-geral da ANTT

Senador Marcos Rogério sugere o afastamento cautelar de diretor-geral da ANTT

Na manhã desta terça-feira, durante a abertura da reunião da Comissão de Infraestrutura, o senador Marcos Rogério sugeriu o afastamento cautelar do

Cultura: Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão, diz Jair Bolsonaro

Cultura: Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão, diz Jair Bolsonaro

O governo federal determinou a revisão dos contratos da Petrobras que estão em vigor para patrocínios ligados ao setor de cultura. Em publicação hoje 

Decreto de Jair Bolsonaro extingue centenas de canais de participação social em políticas públicas

Decreto de Jair Bolsonaro extingue centenas de canais de participação social em políticas públicas

No pacote divulgado ontem (11) para marcar os 100 dias de governo, o presidente Jair Bolsonaro assinou o Decreto 9.759, que pretende diminuir de 700 p

Senador Confúcio Moura faz intervenção e ministro da Saúde manterá tratamento de saúde especial aos indígenas

Senador Confúcio Moura faz intervenção e ministro da Saúde manterá tratamento de saúde especial aos indígenas

Diversas lideranças indígenas procuraram os vereadores Joveci do Pacarana (PSDB) e Adão Salvatico (PRB), em Espigão do Oeste, para tentar impedir a ex