Porto Velho (RO) quarta-feira, 4 de agosto de 2021
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Povos indígenas pressionam para aprovação de estatuto


Luana Lourenço
Agência Brasil


Brasília - Acampados no canteiro central da Esplanada dos Ministérios, em Brasília, os cerca de 700 indígenas de etnias de todas as regiões do país, que estão em Brasília para o movimento Abril Indígena, elegeram a aprovação do Estatuto dos Povos Indígenas como prioridade da pauta de reivindicações que será discutida ao longo da semana e apresentada a representantes do Congresso, do Executivo e do Judiciário.

Hoje (15), representantes dos índios debateram sobre a necessidade da criação de um marco regulatório para as políticas públicas para os povos indígenas, pleiteado desde a promulgação da Constituição. Os índios promovem o Acampamento Terra Livre 2008, manifestação que segue até sexta-feira (18).

Um projeto de lei de 1991 prevê a criação do estatuto. Em junho de 1994, uma comissão especial, criada na Câmara para apreciar a matéria, juntou outros projetos ao original. Depois, a liderança do PSDB entrou com recurso para que o substitutivo passasse por votação em plenário, o que ainda não ocorreu depois de 13 anos de tramitação.

O texto trata de questões como autonomia dos povos indígenas, exploração dos recursos naturais existentes nas terras homologadas e direitos de propriedade intelectual das culturas tradicionais, por exemplo.

Para o cacique Marcos Xucuru, membro da Comissão Nacional de Política Indigenista (CNPI), falta vontade política e articulação para aprovar o estatuto. “O estatuto permanece parado porque há várias forças contrárias, principalmente por causa de questões econômicas. Nós não temos maioria, nem uma bancada forte para garantir a defesa dos povos indígenas no Congresso”, afirmou.

Xucuru acusa alguns parlamentares de adotarem a estratégia de desvincular alguns temas do estatuto e votá-los em projetos separados. Um exemplo que o líder indígena cita é artigo que trata da mineração em terras indígenas. “Há a intenção de esvaziar o estatuto, pegando o que interessa ao poder econômico, para atender a grupos específicos, como madeireiros e mineradores”, lamenta.

De acordo com o cacique, as lideranças estão dispostas a repetir a estratégia utilizada durante a Assembléia Constituinte de 1988, para garantir avanços na tramitação do texto. “Vamos retomar a mobilização feita na época da Constituição de 1988, ou seja, garantir um grupo de lideranças indígenas aqui em Brasília fazendo lobby constantemente e dando visibilidade a essa dívida histórica que o país tem com os povos indígenas”, anunciou.

Outra reivindicação do Abril Indígena é a criação do Conselho Nacional de Política Indigenista, que substituiria a Comissão Nacional de Política Indigenista (CNPI). A principal demanda é que, ao contrário da comissão, o novo órgão tenha atuação deliberativa e não apenas consultiva.

“Com a participação efetiva e de forma paritária do governo e dos povos indígenas, e, com poder de deliberação, ele servirá para elaborar, discutir, analisar e encaminhar a execução de políticas públicas em vários níveis, como educação, cultura e fortalecimento dos povos indígenas”, argumentouo o coordenador-geral da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab), Gecinaldo Sateré-Maué.

 


 

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu