Porto Velho (RO) domingo, 24 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PM tem novo Corregedor


Assumiu a Corregedoria Geral da Polícia Militar na última terça-feira, o coronel PM Aymar Achiles Rodirgues Guimarães, em substituição ao tenente coronel PM Elmo Luiz da Luz Costa. A Corregedoria tem como missão  a aplicação e preservação dos valores éticos, morais e disciplinares na Corporação.

A Corregedoria da PM mantém uma equipe permanentemente de sobreaviso, que poderá ser acionada a qualquer hora. Se o fato ocorrer nos dias úteis, em horário comercial, a pessoa que se sentir vítima de ação de policial-militar deverá ligar diretamente para a Corregedoria, pelos telefones 3216-5504, 3216-5505 ou 3216-5555.

Quando fora do horário comercial, o órgão será acionado por meio do Centro Integrado de Operações Policiais – CIOP, cujo telefone é 3216-2100 ou 190. Quanto mais rápida Corregedoria for acionada, mais eficiente será o resultado das investigações e mais rapidamente as medidas disciplinares serão adotadas.

Fonte: Lenilson Guedes

Mais Sobre Política - Nacional

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

Marco Aurélio Mello culpa Cármen Lúcia por prisão ilegal de Lula

 247 – Um dia depois de denunciar à televisão portuguesa que o ex-presidente Lula está preso ilegalmente no Brasil (saiba mais aqui), o ministro Marco

 'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

'Decisão de Fux já custou mais de R$ 4 bi ao País'

"Uma decisão tomada há quase quatro anos pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, já custou mais de R$ 4 bilhões aos cofres públicos sem

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

No mesmo dia em que manobrou contra Lula, Fachin livrou Temer

Fachin arquivou uma investigação da Polícia Federal que recaía contra Temer. A apuração era sobre um manuscrito apreendido no gabinete do senador pel

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

Ministro de Temer fala em 'guerra letal' nas favelas e avisa que 'criança bonitinha' pode virar alvo

"Você vê uma criança bonitinha, de 12 anos de idade, entrando em uma escola pública, não sabe o que ela vai fazer depois da escola. É muito complicado