Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Planos de saúde puxaram a inflação para os idosos em 2006


Mariza Louven - Agência O GloboRIO - Com reajuste de 11,72% no ano, as mensalidades dos planos de seguro-saúde foram as principais responsáveis pela alta de 2,26% no índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i) em 2006. A taxa é calculada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e mede o custo da cesta de consumo das famílias compostas majoritariamente por indivíduos com mais de 60 anos.Esse resultado ficou acima do IPC Brasil, que foi de 2,06% no ano. Ainda assim, segundo a FGV, a inflação dos idosos foi a menor desde a estabilização da inflação em 1994.No quarto trimestre de 2006, além da alta de 2,15% no seguro de plano de saúde, pesaram no índice o aumento nos gastos com ônibus urbanos (8,58%), dos táxis (9,97%), do frango em pedaços (10,08%) e do cigarro (7,47%).Com isso, o índice do quatro trimestre ficou 0,86%, com uma aceleração em relação ao 0,50% do terceiro trimestre.- Medicamentos, seguro saúde e táxis, com peso maior nas despesas dessas famílias, determinaram o aumento maior para os idosos - disse André Furtado Braz, coordenador IPC Brasil.Para 2007, são esperados reajustes maiores nos preços administrados, que vão impactar tanto o IPC-3I, quanto o IPC Brasil, acrescentou Braz.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul