Porto Velho (RO) segunda-feira, 28 de maio de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Planalto avalia que fala de Segovia foi uma trapalhada e demonstra preocupação


Gente de Opinião

247 - Interlocutores de Michel Temer avaliam a declaração do diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, sobre as investigações referentes ao Decreto dos Portos foi uma trapalhada e teve forte efeito negativo, reacendendo o inquérito que trata de suposta propina em troca de decreto que beneficiaria o setor de portos. É o que informa o jornalista Gerson Camarotti, em seu blog.

À Reuters, Segovia disse que a tendência na PF é recomendar o arquivamento da investigação em que Temer é suspeito de beneficiar a empresa Rodrimar em um decreto que renovou concessões no Porto de Santos, em São Paulo. A PF investiga se a medida que ampliou para 35 anos as concessões do setor favoreceu a Rodrimar. São investigados Michel Temer, o ex-assessor da Presidência Rodrigo Rocha Loures, o presidente da Rodrimar, Antônio Grecco, e o diretor da empresa Ricardo Mesquita.

Nomes próximos de Temer temem que o assunto volte a ganhar prioridade não só de investigadores, mas também da própria procuradora-geral da República, Raquel Dodge. O Palácio do Planalto tinha a expectativa de que Dodge fosse pedir o arquivamento dessa investigação. 

Outra preocupação de interlocutores do emedebista foi a manifestação do ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso, relator do caso no órgão. Barroso intimou Segovia a explicar declarações dadas acerca da investigação sobre Temer. Segundo o ministro, a conduta de Segovia "é manifestamente imprópria e pode, em tese, caracterizar infração administrativa e até mesmo penal". Barroso entende que a entrevista do diretor da PF ameaçou o delegado responsável pelo caso, "que deve ter autonomia para desenvolver o seu trabalho com isenção e livre de pressões".

Mais Sobre Política - Nacional

Acuado, Temer desfaz política de Parente, que pode cair

Michel Temer cedeu aos caminhoneiros, anunciou um desconto de R$ 0,46 no diesel por 60 dias e disse que a política de reajustes diários de Pedro Paren

Aeroporto de Brasília recebe 500 mil litros de querosene

Dez caminhões carregados com 550 mil litros querosene de avião chegaram no início da noite deste domingo (27) ao aeroporto de Brasília. As reservas do

Crivella oficializa recesso escolar no Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, decidiu neste domingo, 27 de maio, que não haverá aula na rede pública municipal de ensino nesta segun

Petroleiros antecipam greve para esta segunda e pedem Fora Parente

Petroleiros antecipam greve para esta segunda e pedem Fora Parente

 Do Sindipetro Unificado SP – Os trabalhadores da Replan, em Paulínia, e da Recap, em Mauá, bases do Sindipetro Unificado dos Petroleiros do Estado de