Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Pires: Governo poderá intervir novamente em empresas para contornar caos aéreo


Diana Fernandes - Agência O GloboBRASÍLIA - O ministro Waldir Pires afirmou hoje que, se necessário, o governo voltará a intervir nas empresas aéreas caso os problemas com os vôos persistirem. O objetivo é garantir a prestação dos serviços à população, que sofreu fortes entraves no último mês, com atrasos e cancelamentos de vôos. Ele, no entanto, disse que o setor está caminhando para um período cada vez mais tranqüilo, mas que algumas medidas ainda precisam ser tomadas, como a contratação de mais pessoas para controle aéreo.- Se não há concorrência plena no mercado, o Estado tem de intervir, e eu creio que há essa concentração de mercado. Enquanto não tivermos uma situação de concorrência estabelecida, a intervenção será construída de acordo com a necessidade - afirmou Pires ao chegar ao Congresso para a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Perguntado se poderá haver monitoramento da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) constante neste período de férias, o ministro respondeu que espera que as empresas trabalhem com responsabilidade.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul