Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PF suspeita que Expedito tenha acessado conta de Vedoin


Agência O GloboRIO - A Polícia Federal suspeita que o ex-diretor de Gestão e Risco do Banco do Brasil que atuava na campanha de reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva, Expedito Afonso Veloso, tenha acessado informações protegidas por sigilo do Banco do Brasil para atingir adversários. De acordo com reportagem publicada neste sábado no jornal "O Globo", a PF suspeita que Expedito tenha conseguido informações da conta do empresário Luiz Antônio Vedoin, acusado de ser um dos mandantes da máfia das ambulâncias e de ter negociado um dossiê contra tucanos, que mostrariam supostas transferências para o emrpesário Abel Pereira, supostos intermediário entre a máfia dos sanguessugas e o ex-ministro Barjas Negri. (Saiba quem são os personagens envolvidos no esquema)Ainda segundo a reportagem, o Conselho de Ética Pública da Presidência da República também vai analisar o caso, e o parecer deve ser levado em conta na auditoria interna que o BB instaurou após a revelação do envolvimento de Expedito. Segundo fontes do banco, devem ser apuradas informações divulgadas pela imprensa de que o diretor acessou os sistemas da instituição para vasculhar contas de pessoas ligadas aos tucanos e à máfia das ambulâncias. Como diretor de Gestão de Risco, ele tem acesso a contas, mas o sistema registra as consultas em detalhes, com número de matricula e horário.A conduta de Expedito também será avaliada pela Comissão de Ética do BB. Ele tirou licença remunerada no dia 14 de agosto para se integrar à campanha de Lula. Ele acumulou diversas folgas a que tinha direito.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç