Porto Velho (RO) terça-feira, 13 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PF prende 4 delegados e mais 15 pessoas no Mato Grosso


Bernardo de la Peña - Agência O GloboCUIABÁ - A Polícia Federal iniciou na manhã desta sexta-feira a operação "Overlord", para desmontar uma quadrilha de traficantes de drogas que atuava na região de Rondonópolis (MT) e havia montado uma rede de proteção na Polícia Civil e na Justiça Estadual. Até agora já foram presas 19 pessoas, mas até o fim do dia o número de prisões deve aumentar. A organização criminosa tinha influência no Judiciário e contava com a participação de policiais civis e advogados. Entre os 19 presos estão quatro delegados da Polícia Civil.Para cumprir cerca de 30 mandados de busca e apreensão e de prisão expedidos pela Justiça Estadual, a Polícia Federal mobilizou 120 policiais no Mato Grosso. A operação é resultado de investigações que começaram em 2005 na própria delegacia da PF de Rondonópolis. Os presos são acusados dos crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa, corrupção passiva, abuso de autoridade, associação para o tráfico e estelionato.Durante a investigação, a PF descobriu que os acusados haviam cooptado policiais e servidores do Judiciário para proteger os interesses da quadrilha. Um dos mandados de busca e apreensão está sendo cumprido na casa de um juiz da cidade. O nome da operação - Overlord - é uma referência a o desembarque das tropas aliadas no litoral da Normandia, na França, em 6 de outubro de 1944. Embora a batalha da Segunda Guerra tenha ficado conhecida como "O Dia D", a operação tinha o nome de 'Overlord' e hoje completa 62 anos.

Mais Sobre Política - Nacional

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.

O presidente eleito Jair Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília

O presidente eleito Jair Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília

Previdência, nomeação de ministros e reajuste estão na agenda

Governo Bolsonaro não fará discriminação de qualquer tipo, afirma Moro

Governo Bolsonaro não fará discriminação de qualquer tipo, afirma Moro

Futuro ministro afirma que haverá rigor contra crimes de ódio