Domingo, 14 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PF investiga telefonemas entre Dirceu e Lorenzetti


Jailton de Carvalho - Agência O Globo BRASÍLIA - Um novo nome pode ser envolvido no escândalo do dossiê que seria comprado por petistas contra políticos tucanos. Segundo uma fonte da Polícia Federal que acompanha de perto as investigações, na lista de telefones rastreados constam duas ligações entre o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e Jorge Lorenzetti, ex-chefe do núcleo de inteligência da campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A assessoria de imprensa da PF informou que a instituição não se manifestará sobre o assunto porque o inquérito corre em segredo de Justiça. Ex-diretor do Banco do Estado de Santa Catarina (Besc), Lorenzetti é apontado como um dos petistas que teriam tratado da compra do dossiê com Luiz Antônio Vedoin, chefe da máfia dos sanguessugas. José Dirceu seria a pessoa classificada na quinta-feira pelo superintendente da Polícia Federal no Mato Grosso, Daniel Lorenz, como uma " conhecida e importante" que teria envolvimento no caso. Na quinta-feira, Lorenz disse que essa pessoa conhecida recebeu um telefonema e retornou a ligação para um dos petistas envolvidos no escândalo. ( Conheça os personagens do caso) Segundo Lorenz, as duas ligações telefônicas, feitas de telefone fixo, despertaram a atenção da PF. - Essa pessoa recebeu uma ligação e ligou de volta. Pode não ser nada, ou somente uma coincidência. Porém, como a polícia não trabalha com coincidências, mas com fatos, vamos investigar - dissera ele na quinta. A campanha do presidente Lula está avaliando que impactos a inclusão do nome de Dirceu poderia ter nesta reta final da corrida eleitoral. Também nesta sexta-feira, Lorenzetti deu entrada a uma interpelação judicial no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o deputado Raul Jungmann (PPS-PE), vice-presidente da CPI dos Sanguessugas. Na quinta-feira, Jungmann declarou ter recebido informações de que Lorenzetti sacou US$ 150 mil em uma casa de câmbio de Santa Catarina, dinheiro que poderia ser parte do R$ 1,7 milhão que seria usado na compra de dossiês contra tucanos. Na ação, Lorenzetti pede que Jungmann explique onde obteve a informação. O deputado não quis revelar a fonte da informação.

Gente de OpiniãoDomingo, 14 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Domingo, 14 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)