Porto Velho (RO) terça-feira, 13 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PF identifica uso de ``laranjas'' desde de 2000 pela Vicatur


Agência O GloboCUIABÁ (Reuters) - A Polícia Federal identificou que os sócios da agência de câmbio e turismo Vicatur utilizam ''laranjas'' há seis anos, com alto grau de cumplicidade, e informou que já tem a confirmação de que 44 mil dólares, dos 248,8 mil dólares juntados para a compra de dossiê contra políticos do PSDB, partiu dessa agência.``Um dos sócios da Vicatur confessou o uso de 'laranjas' desde 2000'', disse a jornalistas o superintendente da unidade de Mato Grosso, Daniel Lorenz de Azevedo.Segundo a Polícia Federal, a empresa funciona como uma espécie de ``lavanderia'' profissional de recursos financeiros.``Há uma vinculação de um dos sócios da Vicatur com um dos 'laranjas'. É explícita (...) não sabemos se são parentes'', acrescentou Azevedo. ``Eles usam os 'laranjas' em um determinado momento e jogam fora.''Os dois sócios da empresa, Fernando Ribas Soares e Sirley da Silva Chaves Soares, foram indiciados pelo delegado Diógenes Curado Filho, responsável pelo inquérito dos crimes contra o sistema financeiro, uso de documento falso, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.A Polícia Federal abriu inquérito também contra a fundadora do PSDB e secretária do partido em Pouso Alegre (MG), Rosely Pantaleão, que se passou por jornalista para fornecer supostas informações para as investigações.O delegado Dógenes Curado Filho recebeu o inquérito policial da Justiça Federal com ampliação de prazo da investigação, que ainda não foi definido, mas que de acordo com o superintendente pode ser de 30 dias.

Mais Sobre Política - Nacional

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.

O presidente eleito Jair Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília

O presidente eleito Jair Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília

Previdência, nomeação de ministros e reajuste estão na agenda

Governo Bolsonaro não fará discriminação de qualquer tipo, afirma Moro

Governo Bolsonaro não fará discriminação de qualquer tipo, afirma Moro

Futuro ministro afirma que haverá rigor contra crimes de ódio