Porto Velho (RO) domingo, 24 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PF: Facção investiu R$ 10 milhões para cavar túnel em Porto Alegre


Agência O GloboPORTO ALEGRE - A Polícia Federal estima que o investimento da facção criminosa paulista para escavar o túnel no centro de Porto Alegre, para assaltar dois bancos, foi de R$ 10 milhões. O grupo pretendia roubar R$ 200 milhões do Banrisul e da Caixa Econômica Federal. Parte do dinheiro usado era do roubo do Banco Central em Fortaleza, no ano passado, e outra parte era custeada pelo comércio de drogas, principalmente cocaína.O dinheiro foi gasto em alimentação, transporte, estadia, compra e aluguel de imóveis, aquisição de materiais, abertura de empresa de fachada e suspeita de dinheiro para suborno de pessoas. A quantia também foi usada na confecção de documentos falsos, na aquisição de aparelhos telefônicos, armas de grosso calibre e contratação de advogados.A perícia no túnel terminou nesta quarta-feira e até sexta a Prefeitura deverá começar a tapar o local. Faltaram quase 13 metros para chegar ao Banrisul da Caldas Júnior com Siqueira Campos. Além disso, foram constatadas as mesmas estrutura e técnica nos túneis de Porto Alegre e de Fortaleza.A Polícia Federal acredita que o roubo do Banco Central em Fortaleza, a tentativa de assalto a duas agências bancárias, em Porto Alegre, e a recente apreensão de um arsenal de guerra no Paraguai estejam todos ligados. Segundo o adido da PF na embaixada brasileira, delegado Agripino Oliveira, há indícios relacionando esses crimes ao traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, e a duas facções de Rio e São Paulo. A suspeita é que parte do dinheiro roubado em agosto do ano passado no Ceará esteja financiando a compra de armas no Paraguai.

Mais Sobre Política - Nacional

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO