Porto Velho (RO) terça-feira, 13 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

PF diz que é falsa a versão de suposto 'laranja' mineiro sobre dinheiro do dossiê


Jailton de Carvalho - Agência O GloboBRASÍLIA - A Polícia Federal anunciou na manhã desta sexta-feira que é falsa a versão do produtor cultural Agnaldo Henrique Lima de que teria sido o "laranja" numa operação de repasse de dinheiro para Hamilton Lacerda, ex-coordenador de comunicação da campanha do senador Aloizio Mercadante (PT) ao governo paulista. A PF deverá indiciar Henrique Lima por denunciação caluniosa. A farsa, segundo a PF, teria sido supostamente montada com ajuda de Rosely Souza Pantaleão, fundadora e secretária-executiva do PSDB em Pouso Alegre (MG).Em depoimento na quinta-feira à PF, Agnaldo Henrique Lima disse que foi usado pelo patrão para levar R$ 250 mil a Hamilton Lacerda para compra do dossiê Vedoin contra políticos tucanos. Agnaldo Henrique Lima disse que emprestou a conta para o patrão fazer um depósito e depois dois saques no valor total de R$ 250 mil. Ele disse que teria acompanhado o patrão na viagem em que o dinheiro teria sido entregue a Hamilton Lacerda.A Polícia Federal achou interessante a história e resolveu aprofundar as investigações. Durante o depoimento, um delegado pediu a Agnaldo Henrique Lima o cartão bancário para tirar o extrato e comprovar a movimentação financeira. Ele disse que não estava com o cartão e que providenciaria logo os extratos, mas não o fez. A PF resolveu então pedir informações ao gerente do banco da conta que teria usada indevidamente pelo patrão. O gerente da agência informou que não existia movimentação expressiva na conta citada. A PF concluiu, a partir daí, que tudo não passou de uma farsa.Agnaldo Henrique Lima foi apresentado a alguns órgãos de imprensa da região pela tucana Rosely Pantaleão. Os jornalistas teriam feito a entrevista com o produtor e depois o acompanharam até a sede da PF em Varginha, onde daria um depoimento supostamente bombástico sobre a origem do dinheiro que um grupo de petistas usaria para comprar o dossiê contra políticos tucanos.

Mais Sobre Política - Nacional

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.