Porto Velho (RO) domingo, 20 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Petrobras pode se tornar grande exportadora de álcool, se for preciso


Ramona Ordoñez - Agência O GloboRIO - A Petrobras poderá vir a implantar álcool no país. A informação foi dada nesta segunda-feira pelo presidente da estatal, José Sergio Gabrielli, ao explicar que seu objetivo, se for preciso, é se tornar uma grande exportadora de álcool mundial para garantir a oferta do produto.Gabrielli após participar da assinatura do memorando de entendimentos com o JBIC (Japan Bank for International Cooperation), que tem o objetivo de desenvolver a projetos na área do biocombustível, principalmente do álcool.- Queremos ser uma grande comercializadaora de álcool do mundo. Estamos neste momento na montagem dos modelos, que podem vir a ser desde a contratação de compra do álcool até parcerias com o setor privado, como sua produção direta - disse.O diretor da Área de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, também presente à solenidade, explicou que a meta da empresa é de vir a exportar 3,5 bilhões de litos de álcool por ano já a partir de 2011. Desse total, entre 85% a 90% serão para o Japão, que vai iniciar a mistura de 3% de álcool a sua gasolina nos próximos anos.Paulo Roberto explicou que nesse momento a Petrobras está em avaliação para o desenvolvimento de toda a logística, desde a produção do álcool ao transporte e à exportação, porque, segundo ele, os japoneses só fecharão o contrato de compra do álcool se houver garantia firme dessa oferta.Ele estima que para produzir 3,5 bilhões de litros anuais de álcool serão necessários investimentos entre US$ 4 bilhões a US$ 5 bilhões.O JBIC está interessado em financiar os projetos que se destinarão à exportação do álcool para o Japão.Neste ano, a Petrobras estima exportar 850 milhões de litros de álcool, principalmente para a Venezuela e Nigéria, entre outros mercados.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que