Porto Velho (RO) quarta-feira, 14 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Pensão vitalícia a ex-governadores pode voltar no Mato Grosso do Sul


Agência O GloboRIO - Em Mato Grosso do Sul, um projeto de emenda à Constituição estadual pode dar ao governador Zeca do PT um benefício que foi extinto em 1989: a pensão vitalícia para ex-governadores.Há 17 anos os deputados estaduais acabaram com a pensão vitalícia para os futuros governantes, mas mantiveram o direito adquirido para quem havia sido governador no período anterior à nova lei. São R$ 97 mil reais por mês com gastos com pensões para cinco ex-governadores de Mato Grosso do Sul. Cada um recebe quase R$ 20 mil reais.Zeca do PT seria o primeiro a não receber a aposentadoria, mas um projeto que tramita na Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul prevê a volta da pensão vitalícia para ex-governadores do estado. O projeto foi apresentado por um deputado governista e, para ser aprovado, precisa do voto de dois terços dos parlamentares - 16 deputados.- O projeto foi assinado por oito deputados, está na Comissão de Constituição e Justiça e redação da casa e posteriormente vem a plenário - disse o deputado estadual Paulo Corrêa (PL).Para o especialista em direito constitucional, o advogado Valdmir Rossi, o projeto dos deputados de Mato Grosso do Sul fere a Constituição Federal.- Não é mais possível a partir de 1998 aposentadorias e pensões ou outro nome que se queira dar como subsídios mensais vitalícios a governadores. Eles são, hoje, contribuintes do sistema geral da previdência e como tal sujeitos a essas regras - afirmou Rossi.O autor do projeto é o deputado Ari Vigo, do PDT. O governador Zeca do PT não quis comentar o assunto.

Mais Sobre Política - Nacional

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.