Segunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Patrus critica 'visão economicista' e defende ação do ministério


Demétrio Weber - Agência O Globo BRASÍLIA - O ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, criticou nesta quinta-feira a "concepção economicista" de que o crescimento econômico é suficiente para reduzir a pobreza. Ele chamou de "visão equivocada" a idéia de que o ministério e, por extensão, o próprio Bolsa Família, seriam "dispensáveis", se o país entrar num ritmo de aumento do PIB (Produto Interno Bruto, a soma das riquezas produzidas num ano) de 5% a 6% por ano. Patrus está no meio de uma disputa com a área econômica para reajustar em 16% o valor dos benefícios do Bolsa Família, e não em 5%, como prevê outra proposta também em estudo. - O crescimento econômico, por si só, não produz justiça social. É fundamental, é condição necessária, mas não suficiente para promover, como queremos e estamos fazendo no Brasil, uma sociedade justa - disse Patrus, após a abertura do seminário "A efetivação do SUAS (Sistema Único de Assistência Social) nos Estados". O ministro foi enfático ao cobrar dos estados maior grau de adesão ao SUAS, uma vez que os programas sociais costumam ser realizados em parceria entre a União e os governos estaduais. Ele não citou, porém, quais estados estão devendo maior participação no sistema único. - Alguns (estados) estão muito aquém dos objetivos do SUAS. Não é porque não têm dinheiro. É porque a questão dos pobres não se colocou como prioridade. Criado em outubro de 2003 a partir da junção de outros quatro programas de transferência de renda, o Bolsa Família nunca reajustou os valores pagos às famílias. Atualmente, 11 milhões de beneficiários recebem, em média, cerca de R$ 62 mensais. O repasse vai de R$ 15 a R$ 95, de acordo com a renda per capita no lar, o número e a idade dos filhos.

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Segunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)