Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Partidos têm até domingo para primeira prestação de contas da campanha


Agência O GloboBRASÍLIA - Termina neste domingo o prazo para os candidatos, coligações e comitês financeiros apresentarem a primeira prestação de contas da campanha. Os candidatos a presidente da República deverão apresentar os dados diretamente no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os demais, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado em que concorrem. As informações sobre a prestação de contas estarão disponíveis para consulta, a partir de segunda-feira, no endereço eletrônico www.tse.gov.br.Nesse primeiro momento, não há julgamento das contas e a lei não exige a indicação dos nomes dos doadores ou dos valores doados. A análise ocorrerá somente na prestação de contas definitiva, assinada pelo candidato e pelo tesoureiro da campanha. O prazo para a segunda prestação de contas parcial termina no dia 6 de setembro. A definitiva, para análise e julgamento pela Justiça Eleitoral, deve ser apresentada no 30º dia após a realização do primeiro turno.Em caso de segundo turno, os candidatos que o disputarem devem apresentar as contas, referentes aos dois turnos, até o 30º dia após a votação.No julgamento, as contas poderão ser totalmente aprovadas ou aprovadas com ressalvas - quando forem verificadas falhas que não comprometam a regularidade delas. Se as contas forem rejeitadas, o candidato será processado por abuso de poder econômico e, se tiver sido eleito, terá o diploma cassado. Nenhum candidato poderá ser diplomado até que as contas dele tenham sido julgadas.Nesta sexta-feira, o PT antecipou os custos da campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à reeleição: já foram gastos R$ 4,2 milhões, de um total de R$ 5,7 milhões arrecadados.

Mais Sobre Política - Nacional

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

AEPET alerta: "as multinacionais pretendem que o governo Temer anule a decisão do Conselho Nacional de Política Energética pela contratação direta da

Ex-diretor do DER fecha delação

Ex-diretor do DER fecha delação

O ex-diretor geral do DER do Paraná Nelson Leal Júnior fechou acordo de delação premiada com a força-tarefa da Lava Jato onde se comprometeu a fornec

FHC, sobre sua atuação como tesoureiro informal: pedi mesmo

FHC, sobre sua atuação como tesoureiro informal: pedi mesmo

Enquanto Lula está preso sem jamais ter enviado emails a empreiteiros pedindo 'SOS', o ex-presidente FHC admite que atuou como tesoureiro informal do

CNJ proíbe juízes de manifestarem apoio ou críticas políticas na internet

CNJ proíbe juízes de manifestarem apoio ou críticas políticas na internet

O CNJ divulgou uma regulamentação para proibir o uso de redes sociais por parte de magistrados para dar apoio ou expressar críticas a políticos e part