Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Parlamentares fazem reunião nesta segunda para decidir ação contra reajuste de subsídios


Patrícia Duarte - Agência O GloboBRASÍLIA - O grupo de deputados e senadores que é contra o aumento de 90,7% dos subsídios dos parlamentares faz uma reunião na manhã desta segunda-feira para definir se entram com uma ação popular na Justiça Comum ou com um mandado de segurança, com pedido de liminar, no Supremo Tribunal Federal (STF), para tentar impedir que entre em vigor a partir de fevereiro o novo valor de R$ 24.500.A idéia, explicou o deputado Raul Jungmann (PPS-PE), é ter mais agilidade e garantir uma decisão imediata sobre o assunto. O mandado de segurança no Supremo, por exemplo, poderia ter uma resposta mais rápida do que uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), que para ter validade final precisa passar pelo crivo do plenário do STF. O Judiciário entra em recesso esta semana e só volta a se reunir em fevereiro.- Com o mandato de segurança ou a ação popular a decisão é monocrática, sai mais rápido - afirmou Jungmann, que participa neste domingo da reunião com Fernando Gabeira (PV-RJ), Carlos Sampaio (PSDB-SP), Roberto Freire (PPS-PE), entre outros, que são contrários ao novo subsídio para deputados e senadores.O principal argumento da ação será o questionamento se as Mesas Diretoras da Câmara dos Deputados e do Senado têm autonomia para decidir sozinhas aumento salarial dos parlamentares. O entendimento, segundo Jungmann, é de que essa determinação teria de passar pelo plenário das Casas, onde todos deputados e senadores dariam seu voto aberto.- Vamos reinvindicar nosso direito de decidir - afirmou Jungman.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul