Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Para especialistas, faltam nomes de peso e com projetos para o país


Agência O GloboRIO - Para especialistas ouvidos pelo GLOBO, o novo Ministério marca a falta de ousadia do governo em áreas fundamentais para o avanço do país, como a Previdência, a Agricultura e a Educação. Faltariam nomes de peso e líderes com excelência política ou técnica em suas áreas de atuação. Uma exceção seria o ministro da Saúde José Gomes Temporão.O cientista político Emil Sobottka, da PUC do Rio Grande do Sul, classifica a reforma ministerial de medíocre:- Com os nomes anunciados até agora, Lula mostra que quer apenas administrar os problemas do cotidiano, sem apresentar uma proposta política diferente.Para o historiador Francisco Carlos Teixeira, da UFRJ, é preciso ter no Ministério "homens de visão, com grandes projetos" e não nomes do jogo partidário.- A característica da reforma ministerial, até aqui, é a montagem da equipe pela via da negociação partidária, não pela excelência dos quadros.Teixeira cita nomes como Darcy Ribeiro, Anísio Teixeira, "alguém com um projeto para o país".Sobottka e Teixeira discordam da opção por Lupi. Já o sociólogo Luiz Werneck Vianna, do Iuperj, considera que a segunda equipe de Lula não difere muito da primeira.- Não é um ministério ruim, mas não se pode dizer que é o melhor do mundo.( Leia a análise completa em O Globo Digital)

Mais Sobre Política - Nacional

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...