Porto Velho (RO) terça-feira, 24 de maio de 2022
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

País vive novo momento no setor de saneamento


O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, disse durante a apresentação das obras de saneamento básico em Goiás, nesta quarta-feira (11/12), em Goiânia, que as intervenções não tem visibilidade, mas são essenciais para a saúde da população. “A frase do escritor Antoine de Saint-Exupéry: “O essencial é invisível aos olhos” é a que melhor define as obras de saneamento básico. São obras que não vemos, mas são essenciais ao cidadão”, disse para 225 prefeitos.

Segundo ele, durante muito tempo não se investiu em saneamento. Esta situação começou a mudar. Desde 2007, o Governo Federal apoia os municípios com recursos que somam R$ 44,1 bilhões, além de incentivar a produção de projetos para o setor. Outro marco importante, disse o ministro, foi a aprovação do Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) como um instrumento fundamental para a qualidade de vida do povo brasileiro. “Nós conseguimos assinar o Plansab para orientar o país em um horizonte de 20 anos e conseguir universalizar os serviços de água e esgoto. Nenhum brasileiro deixará de receber estes serviços”, disse.

De acordo com Aguinaldo Ribeiro, o estado de Goiás tem um papel importante na melhoria das obras de saneamento do país. Para destacar o avanço nos recursos federais investidos, o ministro das Cidades fez uma comparação entre os anos de 2006 e 2012. Segundo ele, o Ministério das Cidades investiu em 2006 cerca de R$ 500 milhões para obras de saneamento básico em todo país. Em 2012, foram investidos R$ 600 milhões só para a elaboração de projetos. “Nós estamos tratando o saneamento brasileiro com muita atenção”, garantiu o ministro.

Atualmente, o Ministério das Cidades apoia 108 obras em Goiás com investimento de R$ 2,82 bilhões. Deste total, 64 obras são do governo do estado e da Saneago com investimento de R$ 1,79 bilhões, sendo R$ 974,8 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) e R$ 818,5 milhões de financiamento. Já foram contratados R$ 1,05 bilhão e R$ 737 milhões estão em fase de contratação. “Vamos celebrar esta parceria que deu certo. A política de saneamento é fundamental para o país. Não é só importante o Governo Federal ter a política e os recursos. Temos que receber os projetos e as demandas com competência técnica”, destacou Aguinaldo Ribeiro.

Também são apoiados pelo Ministério das Cidades, 44 empreendimentos municipais com investimento de R$ 1,03 bilhão, sendo R$ 892 milhões de OGU e R$ 141 milhões de financiamento. Do total, R$ 392,8 milhões estão contratados e R$ 641,2 milhões estão em fase de contratação.

O ministro Aguinaldo Ribeiro aproveitou a ocasião para lembrar a importância de relevar as divergências políticas para fazer uma parceria em benefício da população. “Ao final do processo eleitoral, do ponto de vista democrático, temos que estar todos unidos para trabalhar em prol do povo. O povo é o grande patrão desta nação. O espírito republicano se faz necessário para nossa nação avançar sempre”, disse Aguinaldo Ribeiro.

Durante a apresentação das obras, o governo estadual e a Saneago assinaram a autorização para o início do processo licitatório de obras de esgotamento sanitário em Goiânia e Anápolis.

O governador de Goiás, Marconi Perillo, destacou as principais mudanças no estado através dos investimentos em saneamento básico ao comparar o ano de 1998 e 2013. De acordo com o governador, de 1999 a 2013 foram investidos R$ 3 milhões em todo o estado. No ano de 98, Goiás possuía 12 estações de tratamento de esgoto e hoje já tem 82. Atualmente, 255 munícipios do estado e mais de cinco milhões de habitantes são atendidos pelas obras.

Fonte: Ascom/Ministério das Cidades
 

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu