Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Oscips precisam prestar contas ao governo


Agência O Globo SÃO PAULO - Todas as 3.837 organizações da sociedade civil de interesse público (Oscips) qualificadas pelo Ministério da Justiça terão até o dia 30 de abril para apresentar a prestação contas do exercício 2006. A novidade é que a prestação de contas agora é obrigatória e deverá ser registrada via Internet, por meio do Cadastro Nacional de Entidades Qualificadas (CNEs) (www.mj.gov.br/cnes).Antes da criação do Cadastro Nacional de Entidades Qualificadas, em maio de 2006, as Oscips não eram obrigadas a prestar contas. As entidades que decidiam apresentar informações sobre suas atividades entregavam os documentos sem padronização e em papel - o que dificultava um controle mais rígido.As Oscips que já fizeram o cadastramento no CNEs receberão uma cópia do sistema e o manual de utilização para agilizar o procedimento de prestação de contas. Com a iniciativa, o Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação (Dejus) - responsável pela concessão desses títulos -, do Ministério da Justiça, espera facilitar a comunicação entre Estado, entidades e sociedade, dar transparência à utilização de recursos públicos recebidos por essas organizações e tornar menos burocrática a concessão de títulos e o acompanhamento dos processos.Em breve, o sistema também permitirá que cidadãos, empresas e órgãos públicos acompanhem pela Internet a aplicação de recursos destinados às Oscips.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di