Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

ORÇAMENTO: Até R$ 7 milhões em emendas


Iolando Lourenço
Agência Brasil


Brasília - Os 513 deputados e 81 senadores podem apresentar até R$ 7 milhões em emendas parlamentares individuais ao Orçamento Geral da União para o ano que vem. Cada parlamentar tem direito a 25 emendas para obras e serviços em suas regiões. O prazo para apresentação das emendas à proposta orçamentária vai do dia 31 deste mês até 8 de novembro.

Os parlamentares poderão apresentar dois tipos de emendas individuais: despesa/capital, que se destinam a investimentos, construção de escolas, postos de saúde, ginásios de esportes, obras de infra-estrutura, compra de ambulâncias, além das emendas de custeio, que são usadas para obras de manutenção, restauração de rodovias, reformas de escolas, postos de saúde e outros.

Normalmente, a maioria das emendas apresentadas por deputados e senadores atende solicitações de governadores, prefeitos e vereadores e da comunidade que o parlamentar representa no Congresso Nacional. As emendas, segundo resolução da Comissão de Orçamento, só podem ser apresentadas para obras a serem realizadas no decorrer de 2008.

Além das emendas individuais, os parlamentares têm direito a outras emendas, as chamadas emendas de bancadas e de comissões, sem limites de valor. No caso da emendas de bancada, o número é proporcional ao tamanho de cada representação estadual e varia de 15 a 20, que são as chamadas emendas de apropriação. Além disso cada bancada tem direito a mais três emendas, as de remanejamento.

Para a elaboração das emendas de bancada, os governadores dos estados reúnem-se com deputados e senadores do respectivo estado para definir as prioridades. O estado de São Paulo, que tem a maior bancada federal, tem direito a 20 emendas de apropriação e três de remanejamento. Minas Gerais, que tem a segunda maior bancada federal, tem direito a 19 emendas de apropriação e as três de remanejamento.

As menores bancadas do Congresso, com oito deputados e três senadores, têm direito a 15 emendas de apropriação e três de remanejamento (18 no total). Têm direito a esse mesmo número de emendas, as bancadas federais com 11 a 20 parlamentares, que representam 18 estados.

Na elaboração do Orçamento 2007, no ano passado, cada parlamentar teve direito a apresentar até 20 emendas individuais, no valor total de R$ 6 milhões. Neste ano, o número de emendas passou para 25, com valor de R$ 7 milhões.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç