Porto Velho (RO) terça-feira, 13 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Oposição protocola pedido de ampliação de investigação do caso do dossiê no TSE


Gerson Camarotti - Agência O GloboBRASÍLIA - Os presidentes do PSDB, Tasso Jereissati, do PFL, Jorge Bornhausen, do PPS, Roberto Freire, e o líder do PFL no Senado, José Agripino Maia (RN), protocolaram nesta terça-feira no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedido de investigação de supostas irregularidades praticadas pelo ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, e integrantes da Polícia Federal na apuração da origem do dinheiro que seria usado na compra do dossiê contra tucanos por petistas.A representação, feita ao ministro-corregedor do TSE, César Asfor Rocha, também pede nova investigação contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva por prática de crime eleitoral e cooptação do governador do Mato Grosso, Blairo Maggi. A oposição alega que Maggi declarou seu apoio formal a Lula após receber garantias de liberação de verbas para o agronegócio.- Ele mudou a versão, mas o que ele disse está nos jornais. O poder que as pessoas têm de se desmentir é uma coisa impressionante - disse Jereissati, que citou o caso de Gedimar Passos, um dos envolvidos na compra do dossiê, que voltou atrás na sua versão sobre o caso.Jereissati informou que está transferindo para quarta-feira o encontro com o diretor da Polícia Federal, Paulo Lacerda. O senador alegou querer ouvir antes o delegado Sandro Torres Avelar, presidente da Associação dos Delegados da Polícia Federal, com quem está reunido em seu gabinete. Avelar aproveitou o encontro para apresentar projeto para evitar politização da PF.

Mais Sobre Política - Nacional

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

Bolsonaro anuncia o general Fernando Azevedo e Silva para a Defesa

A pasta seria ocupada inicialmente pelo general Augusto Heleno

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

Projeto de Mariana Carvalho isenta motorista de novos exames dentro da validade da CNH

O exame tem validade de cinco anos para condutores com menos de 65 anos.

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro, Boulos e os rumos dos progressistas

Haddad, Ciro e Boulos precisam decidir se querem dar um passo em frente ou dois passos atrás.