Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Oposição pede no Senado a criação da CPI das ONGs


Adriana Vasconcelos - Agência O GloboBRASÍLIA - A oposição decidiu nesta quarta-feira desengavetar o pedido de instalação da CPI das ONGs que estava parado desde o fim do ano passado. O autor do requerimento, o senador Heráclito Fortes (PFL-PI), com o apoio de 74 dos 81 parlamentares da Casa, protocolou a proposta na mesa do Senado. O governo não parece disposto a interferir. O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), garantiu que não pretende impedir o funcionamento da comissão parlamentar.A oposição vem tentando instalar a CPI das ONGs desde novembro do ano passado, depois de descobrir que Jorge Lorenzetti, um dos envolvidos no escândalo do dossiê contra os tucanos, seria um dos colaboradores de uma ONG que teria recebido R$ 18 milhões da União.De acordo com Jucá, a CPI das ONGs tem dois caminhos a seguir: pode se transformar num marco regulatório para definir os limites e condições para a liberação de recursos públicos para essas organizações ou virar um palco político. Mas se prevalecer a segunda opção, ele adverte, que nenhum governo será poupado. O PT mesmo já está defendendo que as investigações sejam retroativas a 1999, o que pegaria o segundo mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O objetivo principal dos petistas seria investigar as transferências feitas pelo Comunidade Solidária, que foi coordenado pela ex-primeira-dama Ruth Cardoso.- Não temos nenhuma preocupação com essa investigação - assegurou Jucá.Apenas sete senadores não assinaram o requerimento que propõe a criação da CPI, entre eles o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), Ideli Salvatti (PT-SC), José Néri (PSOL-PA), Patrícia Saboya (PSB-CE), Aloizio Mercadante (PT-SP), Maria do Carmo (PFL-SE) e Sérgio Guerra (PSDB-PE). Os dois últimos, segundo Heráclito, só não teriam assinado porque estão fora de Brasília.

Mais Sobre Política - Nacional

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...