Porto Velho (RO) terça-feira, 10 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Oposição lança 3ª via para presidir Câmara


Chico de Gois e Cristiane Jungblut - Agência O Globo BRASÍLIA - Apostando na divisão da base governista, um grupo de deputados lança nesta segunda-feira oficialmente, em São Paulo, a chamada terceira via, por uma candidatura à Presidência da Câmara de Deputados, em oposição aos governistas Aldo Rebelo (PCdoB-SP) e Arlindo Chinaglia (PT-SP). Neste contexto, o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, começa, também nesta segunda-feira, a pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, um ciclo de reuniões com os presidentes dos dez partidos aliados que formam o Conselho Político. O objetivo é chegar a um nome de consenso e em plena sintonia com o Palácio do Planalto.Nas conversas, serão mapeadas as intenções de voto em Aldo e Chinaglia e as chances de crescimento da terceira via. O temor é que se repita o cenário de 2005, quando um racha no PT levou à eleição de Severino Cavalcanti (PP-PE).- Faremos um levantamento das potencialidades de cada candidato para que, se a gente entender que pode ter a terceira candidatura, ver qual é o nome mais forte na base. Mas não se trata de ultimato, o governo não vai impor qualquer solução. Se constatarmos que há perigo, na base do governo, de dispersão com o lançamento de uma terceira candidatura, vamos emitir opinião - disse Tarso.O movimento da 3ª via é capitaneado por parlamentares como Fernando Gabeira (PV-RJ) e Raul Jungmann (PPS-PE). Mesmo sem um nome ainda para entrar na disputa, os deputados querem começar a discutir o programa da candidatura, que busca ser "independente" do Palácio do Planalto.- Vamos reunir alguns deputados para lançar o esboço de um programa para a presidência da Câmara. Depois, vamos procurar os presidentes dos partidos para, somente após uma ampla discussão, lançarmos um nome - afirmou Jungmann, que defende que este nome seja da oposição.Gabeira afirmou que o mais importante é que a candidatura tenha um compromisso com o "reatamento de laços entre a Câmara e a sociedade", sendo menos "corporativista" do que as de Aldo e Chinaglia, em sua opinião. Mas, para ele, este nome não necessariamente deve sair da bancada de oposição.

Mais Sobre Política - Nacional

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) cobrou do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) a votação, antes que encerre o prazo, da Medida Provisórias cri

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Neste ano e meio que ele está preso, não tive condições de viajar a Curitiba e fiquei esperando o amigo sair da prisão para poder falar com ele, certo

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p