Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

OAB diz que reforma política pode acabar com 'farra dos suplentes'


Agência o GloboBRASÍLIA - O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Roberto Busato, classifica de "ciranda imoral" a situação do Congresso neste fim de legislatura, ao empossar 23 suplentes de deputados e quatro suplentes de senadores, que não obtiveram qualquer voto nas urnas. Os empossados receberão subsídios e outras verbas que podem chegar a R$ 85 mil em janeiro, mês em que o Congresso está em recesso e não há qualquer atividade parlamentar. Busato aponta na reforma política, e dentro dela a proposta apresentada pela OAB ao governo, no mês passado, o caminho para se corrigir "extravagâncias do Legislativo como a farra dos suplentes".- O Congresso, neste fim de legislatura, dá mais um exemplo didático ao povo brasileiro de como não se deve representar o povo, deixando a nu o que é a falta de uma reforma política consistente dentro deste país - afirma.Para Busato, já passou da hora de rever na legislação a possibilidade do exercício de mandato parlamentar por suplentes não eleitos, "pessoas que não têm qualquer apoio das urnas, nenhuma sintonia com a população brasileira e ainda podem assumir no lugar do titular".- São ilustres desconhecidos que estarão representando a ninguém - diz.Em relação ao Senado, Busato observa que a proposta de reforma política elaborada pela OAB estabelece que o suplente de senador terá de ser eleito pelo voto popular, como o titular. No mesmo projeto, a Ordem propôs a redução do mandato no Senado de oito para quatro anos.

Mais Sobre Política - Nacional

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...