Domingo, 14 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

'O Globo': Petrobras tem convênio de R$ 228 milhões com empresas doadoras de campanha


Ricardo Galhardo e Ailton de Freitas - Agência O Globo RIO - A Petrobras firmou convênio inédito de R$ 228,7 milhões, este ano, sem licitação, com a Associação Brasileira de Engenharia Industrial (Abemi) para formação de 70 mil profissionais nos próximos dois anos. A Abemi reúne algumas das principais empreiteiras - e doadoras de campanhas eleitorais - do país. É o que mostra reportagem publicada no jornal "O Globo" nesta segunda-feira. De acordo com o levantamento, neste ano, pelo menos 13 empresas associadas à entidade doaram R$ 16,7 milhões a candidatos e partidos. Destes, R$ 6,4 milhões foram destinados ao PT e PCdoB, integrantes da coligação que levou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva à reeleição. O resto do dinheiro foi distribuído para outros sete partidos. O convênio de R$ 228,7 milhões, assinado no dia 17 de março deste ano, é do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás (Prominp). Criado em 2003, o Prominp tem o objetivo de acabar com os gargalos que impedem a ampliação de negócios na área do petróleo. Um desses gargalos seria a falta de mão-de-obra qualificada. Levantamento publicado neste domingo em "O Globo" mostrou que a Petrobras repassou, entre agosto do ano passado e outubro deste ano, pelo menos R$ 31 milhões a ONGs ligadas ao PT, à campanha de reeleição de Lula ou ao MST. Algumas dessas entidades teriam usado a sua estrutura para favorecer candidatos. PFL quer investigação na CPI das ONGs Neste domingo, líderes no Congresso reagiram à revelação de que a Petrobras repassou ao menos R$ 31 milhões ONGs ligadas ao PT. O líder do PFL na Câmara, Rodrigo Maia (RJ), informou que nesta terça-feira reunirá a bancada do partido no Congresso para avaliar a possibilidade de ampliar a abrangência da CPI das ONGs, proposta pelo senador Heráclito Fortes (PFL-PI), e incluir nas suas atribuições a investigação dos repasses da Petrobras a essas entidades. Fortes já tem as assinaturas necessárias à instalação da CPI no Senado para investigar o repasse de recursos do Orçamento da União no governo Lula para ONGs. A instalação está prevista para esta terça, mas o líder do PFL acredita que, com as denúncias publicadas no "Globo", o partido poderá obter o apoio da Câmara dos Deputados e instalar uma CPI mista no Congresso com escopo ampliado. Para isso, precisará de, no mínimo, 171 assinaturas de deputados.

Gente de OpiniãoDomingo, 14 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Domingo, 14 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)