Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

No Tocantins, um tipo de Lei da Mordaça


Agência O Globo RIO - A nova presidente do Tribunal de Contas do Tocantins denunciou um tipo de Lei da Mordaça no estado. O tribunal está proibido de divulgar informações sobre um processo contra o governador Marcelo Miranda.Em setembro do ano passado, o governo do Tocantins foi condenado pelo Tribunal de Contas do estado a devolver R$ 2 milhões aos cofres públicos. O dinheiro tinha sido usado para o pagamento de uma empreiteira que, segundo o Tribunal, já havia recebido pelos serviços.Na mesma decisão, o TCE proibiu o então governador Marcelo Miranda, do PMDB e o pai dele, Brito Miranda, secretário de Infra-estrutura do estado, de ocuparem cargos públicos por oito anos.O governador, que concorria à reeleição, entrou com recurso no Tribunal de Justiça questionando a competência do Tribunal para torná-lo inelegível.Uma semana antes da eleição, num domingo, a então presidente, desembargadora Dalva Magalhães, aceitou o recurso e concedeu uma liminar proibindo o Tribunal de Contas de divulgar informações sobre qualquer processo. Marcelo Miranda foi reeleito.- O que foi feito naquela época a mim, aos meus auxiliares do meu governo, eu entendia que eles estavam realmente procurando algo que não tinha nada a ver - afirmou o governador de Tocantins, Marcelo Miranda, PMDB.O Tribunal de Contas do Estado já pediu à Justiça, por duas vezes, que reconsiderasse a decisão. Mas, até agora, os recursos ainda não foram julgados pelos desembargadores do TJ.- A minha opinião quanto a decisão é de que ela fere o princípio constitucional da publicidade das decisões. Ela é uma afronta à Constituição e ela nos impede do exercício da efetivação das nossas decisões que são dadas dentro dos moldes da constituição - disse o presidente do TCE do Tocantins, Dóris Coutinho.A desembargadora Dalva Magalhães e o atual presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, Daniel Négri, não quiseram comentar o assunto.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di