Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

No Ceará, Cid Gomes ficará no cargo por mais quatro anos



Agência Brasil

Brasília - O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), foi reeleito para o cargo. Com 86,63% das urnas apuradas, ele está com 61,60% dos votos válidos. O vice-governador será Domingos Filho (PMDB).

Em segundo lugar está Marcos Cals (PSDB), com 19,44% dos votos, seguido pelo ex-governador Lúcio Alcântara (PR), com 16,04% dos votos.

Cid Gomes começou sua carreira política no Ceará em 1990, quando foi eleito deputado estadual. Foi reeleito em 1994, quando também assumiu a presidência da Assembleia Legislativa.

Em 1996, saiu do cargo de deputado para disputar as eleições para a prefeitura de Sobral, cidade a 224 quilômetros de Fortaleza. Quatro anos depois, Cid Gomes foi reeleito prefeito da cidade, cargo em que permaneceu até o fim do mandato.

Em 2005, exerceu a função de consultor do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em Washington D.C. (EUA). Em 2006, foi eleito governador do Ceará no primeiro turno, com 62,38% dos votos. Cid Gomes é irmão do ex-ministro Ciro Gomes.

O candidato Gonzaga (PSTU) tem 0,14% dos votos, Marcelo Silva (PV) tem 1,75%, e Soraya Tupinambá (P-SOL) 1,04%.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç