Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Não contem com o Brasil para pressionar a Venezuela, diz dirigente petista


Ricardo Galhardo - Agência O Globo SÃO PAULO - Enquanto o governo e o mercado se animam com a vinda do presidente dos EUA, George W. Bush, ao Brasil e as possibilidades comerciais e diplomáticas oferecidas pela visita, o PT ameaça. Em entrevista ao site do partido, o secretário de Relações Internacionais do PT, Valter Pomar, disse que um dos possíveis objetivos da viagem de Bush é a formação de um eixo anti-Venezuela no sub-continente. Segundo ele, o Brasil pode fazer eventualmente o papel de mediador entre Bush e Hugo Chávez, mas também deve "conflitar" com interesses dos EUA em defesa da esquerda latino-americana.- Fala-se que por trás estaria o propósito de criar um eixo anti-Venezuela ou de buscar alternativas energéticas para a dependência que os EUA têm do petróleo. Minha opinião é que Bush vai ficar na vontade - disse Pomar ao site do PT.De acordo com Pomar, o Brasil "tem lado" e não pode ser usado pelos EUA para pressionar os emergentes governo de esquerda na América Latina.- Haverá espaço para o conflito, para o impasse e também para a negociação. Neste sentido, o Brasil pode sim cumprir um papel de "mediador". Mas atenção: temos lado. Isto significa que podemos mediar, mas também devemos conflitar. E, quando eventualmente mediarmos, não o devemos fazer para abrir espaços aos Estados Unidos, mas sim para manter e ampliar os espaços da esquerda latino-americana. Hoje, na prática, isto significa, por exemplo: não contem com o Brasil para pressionar Cuba, Venezuela, Bolívia e o Equador - disse ele.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di