Porto Velho (RO) domingo, 15 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Na TV, Marco Aurélio Mello destaca 'poder do voto'


Agência O GloboBRASÍLIA - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio Mello, em cadeia nacional de rádio e TV, pediu neste sábado ao eleitor que não anule o voto, nem vote em branco. No discurso de quatro minutos, o presidente ressaltou que "o voto é poder". - O voto é decisivo em nossas vidas. Não o desperdice com quem não merece, não o anule nem se omita nesse momento de convocação nacional.Marco Aurélio pediu também que os eleitores não acreditem em promessas impossíveis e não vote em quem não respeita a lei.- Examine com muita atenção o perfil de cada candidato. Desconfie de quem não respeita a lei, de quem pretende conquistar seu voto com promessas impossíveis ou com pequenos agrados e daqueles que tentam convencê-lo a qualquer custo.- Lembre-se de tudo antes de votar - é o conselho dado pelo presidente TSE. - Defina com sabedoria o seu destino. É hora de pensar e decidir, de exercer a cidadania na plenitude, de fazer-se ouvir. Leve em conta que boa parte da solução dos problemas está na escolha a ser feita - afirmou no pronunciamento.O presidente do TSE ressaltou o poder do voto: - O que está em jogo é o seu dia-a-dia, o dia-a-dia de todos os brasileiros. É o preço do pão, dos remédios, do transporte; é a qualidade do ensino, da saúde, de segurança pública. Com o seu voto, você decidirá se pagaremos mais ou menos impostos, se haverá moradia e emprego para quem precisa.O ministro lembrou ainda que "a boca-de-urna é proibida e quem insiste nessa prática demonstra não ter apreço pela lei, pelo seu voto e por você".

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç