Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Na TV, Marco Aurélio Mello destaca 'poder do voto'


Agência O GloboBRASÍLIA - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio Mello, em cadeia nacional de rádio e TV, pediu neste sábado ao eleitor que não anule o voto, nem vote em branco. No discurso de quatro minutos, o presidente ressaltou que "o voto é poder". - O voto é decisivo em nossas vidas. Não o desperdice com quem não merece, não o anule nem se omita nesse momento de convocação nacional.Marco Aurélio pediu também que os eleitores não acreditem em promessas impossíveis e não vote em quem não respeita a lei.- Examine com muita atenção o perfil de cada candidato. Desconfie de quem não respeita a lei, de quem pretende conquistar seu voto com promessas impossíveis ou com pequenos agrados e daqueles que tentam convencê-lo a qualquer custo.- Lembre-se de tudo antes de votar - é o conselho dado pelo presidente TSE. - Defina com sabedoria o seu destino. É hora de pensar e decidir, de exercer a cidadania na plenitude, de fazer-se ouvir. Leve em conta que boa parte da solução dos problemas está na escolha a ser feita - afirmou no pronunciamento.O presidente do TSE ressaltou o poder do voto: - O que está em jogo é o seu dia-a-dia, o dia-a-dia de todos os brasileiros. É o preço do pão, dos remédios, do transporte; é a qualidade do ensino, da saúde, de segurança pública. Com o seu voto, você decidirá se pagaremos mais ou menos impostos, se haverá moradia e emprego para quem precisa.O ministro lembrou ainda que "a boca-de-urna é proibida e quem insiste nessa prática demonstra não ter apreço pela lei, pelo seu voto e por você".

Mais Sobre Política - Nacional

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

AEPET alerta: "as multinacionais pretendem que o governo Temer anule a decisão do Conselho Nacional de Política Energética pela contratação direta da

Ex-diretor do DER fecha delação

Ex-diretor do DER fecha delação

O ex-diretor geral do DER do Paraná Nelson Leal Júnior fechou acordo de delação premiada com a força-tarefa da Lava Jato onde se comprometeu a fornec

FHC, sobre sua atuação como tesoureiro informal: pedi mesmo

FHC, sobre sua atuação como tesoureiro informal: pedi mesmo

Enquanto Lula está preso sem jamais ter enviado emails a empreiteiros pedindo 'SOS', o ex-presidente FHC admite que atuou como tesoureiro informal do

CNJ proíbe juízes de manifestarem apoio ou críticas políticas na internet

CNJ proíbe juízes de manifestarem apoio ou críticas políticas na internet

O CNJ divulgou uma regulamentação para proibir o uso de redes sociais por parte de magistrados para dar apoio ou expressar críticas a políticos e part