Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Mulheres investem mais em negócios próprios


Agência O GloboSÃO PAULO - As mulheres investem mais no negócio próprio. Elas são maioria entre os clientes que buscam financiamentos de microcrédito nos bancos - crédito com juro menor para quem quer montar um negócio ou comprar mercadoria. No Banco Real, por exemplo, correspondem a 66% dos clientes.José Giovani Anversa, diretor-geral do Real Microcrédito, conta que o dinheiro só é liberado após uma análise de como será investido. Após aprovação, o crédito sai para aplicar em empreendimentos. Para ele, as mulheres são maioria porque apostam mais em pequenos negócios.- Já os homens optam pelo emprego formal, na maioria dos casos - explica.Entre os negócios em que elas mais apostam estão os salões de cabeleireiro, revenda de produtos de beleza, venda de roupas e costura.No Banco Popular elas também são maioria, mas neste caso não há obrigatoriedade em aplicar no negócio. Segundo a instituição, representam 54% da carteira de clientes.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di