Porto Velho (RO) domingo, 16 de junho de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Mulher e amante terão que dividir pensão do INSS


Agência O Globo RIO - Em uma decisão inédita - e unânime - o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul reconheceu uma união estável paralela ao casamento. A notícia foi publicada nesta quarta-feira, na coluna de Berenice Seara, do jornal "Extra". Casado há mais de 30 anos, um homem teve outro relacionamento durante 16 anos. Após sua morte, a amante pediu na Justiça a pensão do INSS. E ganhou.Segundo noticiou a coluna, com a decisão, as duas mulheres vão dividir o benefício e a segunda terá direito a 25% da pensão, em relação ao patrimônio adquirido nos 16 anos de relação. Os outros 25% ficam com a esposa. O relator do processo entendeu que a longa duração dos relacionamentos é "...a prova cabal de que uma pessoa pode ter duas famílias e manter uma união estável paralela ao casamento...". O homem tinha dois filhos com a mulher e duas filhas com a "outra".

Mais Sobre Política - Nacional

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: "Proposta do relator sobre aposentadoria dos professores ainda não é justa", diz Jaqueline Cassol

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: "Proposta do relator sobre aposentadoria dos professores ainda não é justa", diz Jaqueline Cassol

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) criticou a proposta do relator da Reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), no que diz

O brasileiro e o contexto sociopolítico

O brasileiro e o contexto sociopolítico

O brasileiro é conhecido por sua alegria e seu jeito de lidar com as adversidades. Em muitos dos casos, as pessoas utilizam da resiliência e do aprend

Mariana Carvalho é condecorada com Medalha da Ordem do Mérito Naval

Mariana Carvalho é condecorada com Medalha da Ordem do Mérito Naval

A deputada federal Mariana Carvalho foi agraciada nesta terça-feira (11) com condecoração da Marinha brasileira. Durante a cerimônia alusiva aos 154 a

Audiência Pública no Senado Federal debate violência nas escolas e as suas consequências

Audiência Pública no Senado Federal debate violência nas escolas e as suas consequências

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado Federal promove nesta terça-feira (14), às 9h, audiência pública para debater com especialist