Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Movimento maior nas estradas na saída para o réveillon


Agência o Globo RIO - É intenso o movimento de saída nas rodoviárias e estradas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais para o feriadão do Ano Novo. Com medo de uma nova crise nos aeroportos, muita gente optou por pegar a estrada. Mais de 700 mil pessoas devem passar pelos três maiores terminais rodoviários de São Paulo. No Rio, a previsão é que de cerca de 366 mil utilizem a rodoviária. Em Belo Horizonte, são esperadas 71 mil pessoas no terminal.Para evitar acidentes, a Polícia Rodoviária Federal iniciou, na madrugada desta sexta-feira, a Operação Ano Novo, que vai reforçar a fiscalização nas estradas. Até meia-noite de segunda-feira, o esquema atuará em pontos fixos e móveis, com comandos de radar e bafômetro. - São mais veículos trafegando, motoristas que não têm experiência de conduzir em rodovias, a possibilidade de acidentes aumenta bastante - alerta Aristides Júnior, inspetor da Polícia Rodoviária Federal.Durante os quatro dias, 9.700 policiais rodoviários federais vão se revezar na fiscalização dos 60 mil quilômetros de malha viária federal do país. A fiscalização vai contar com 2 mil viaturas e 10 aeronaves. Na última Operação Ano Novo, foram registrados 1.502 acidentes, com 1.044 feridos e 57 mortes.Na Operação Natal deste ano, verificou-se que em estados como Pernambuco o movimento nas estradas federais foi 50% maior, enquanto o aumento médio nesta época do ano varia entre 20% e 30%, de acordo com a Polícia Rodoviária. Nos quatro dias de operação, houve registro de 1.743 acidentes, que deixaram 1.208 feridos e 90 mortos.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç