Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Moradores da Zona Leste reclamam atrasos dos ônibus nos finais de semana


A maioria dos moradores dos populosos bairros da zona Leste de Porto Velho está revoltada com os sistemáticos atrasos nos ônibus que fazem as linhas Tancredo Neves, Mariana, São Francisco, Ronaldo Aragão e Jardim Santana. "Todos os finais de semana as empresas retiram mais de 50% dos ônibus das linhas. Somos obrigados a esperar até mais de uma hora a passagem dos ônibus. Um exemplo é o ônibus da linha Ulisses Guimarães-JP II, que demora uma hora e meia para passar novamente aqui no São Francisco.

O preço da passagem de ônibus aumentou para R$ 2,00 (Dois reais), o mesmo cobrado no Rio de Janeiro, Manaus, São Paulo e outras capitais. Mas, temos  a impressão, principalmente nos finais de semana, é que falta fiscalização de setores da Secretaria Municipal de Trânsito para fazer cumprir os horários estabelecidos. Talvez essa é a fórmula encontrada por algumas concessionárias ou permissionárias para sabotar o governo do prefeito Roberto Sobrinho (PT), o único prefeito que conseguiu interligar as linhas de ônibus, através do cartão "Leva Eu", depois de quase um século de criação e instalação do município de Porto Velho", disse o irritado pastor Theodorico Fernandes. "Vamos coletar um abaixo-assinado e entregar ao vereador Zequinha Araújo (PSDC) para formalizar as nossas denúncias e requerer providências na Câmara Municipal", completou.

A irritação dos passageiros aumentou quando um trecho da Rua José Amador dos Reis foi interditado ontem, obrigando os coletivos a rodar por ruas cheias de valas, crateras, matagais e outras "heranças" malditas deixadas por alguns prefeitos anteriores.

Fonte: Abelardo Jorge 

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di