Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Ministro do TSE considera propaganda de Alckmin ofensiva a Lula


Isabel Braga - Agência O GloboBRASÍLIA - O uso da expressão "a turma do Lula" na propaganda eleitoral de rádio do tucano Geraldo Alckmin, numa referência aos petistas envolvidos em escândalos de corrupção e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi considerada ofensiva pelo ministro Marcelo Ribeiro, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O ministro deu liminar favorável à ação movida pelos advogados de Lula contra a propaganda tucana e proibiu sua reapresentação no rádio."Em um juízo preliminar, próprio da presente fase processual, penso que a afirmação de que 'a turma dele (Presidente Lula) vai voltar', referindo-se àqueles envolvidos em 'mensalão, caixa dois, os sanguessugas', veicula mensagem ofensiva", argumentou Marcelo Ribeiro. "Concedo a liminar, para proibir, até o julgamento do mérito, a reapresentação da inserção questionada."O PT deverá entrar no TSE também contra propaganda, de igual teor e na qual são usados marionetes que cantam uma música que faz referência à turma do Lula, que está sendo veiculada nas inserções de televisão. Na propaganda do rádio, o locutor adverte o eleitor para o fato de que a eleição de Lula trará de volta o que chamou de sua turma, ao governo.A propaganda foi contestada pelos advogados da campanha de Lula, que a consideraram ofensiva. O texto diz o seguinte: "Nós somos a turma do Lula. A gente vive a negar o mensalão, caixa dois, os sanguessugas, a gente está tentando escapar. Nós somos a turma do Lula. Bobeira foi nos cassar, (Ah! Se foi). Se o Lula for eleito de novo, a turma dele vai voltar. Nem a pau! Mude de presidente".Na representação, além de liminar para suspender a exibição da propaganda, os advogados pedem que o TSE conceda direito de resposta a Lula no programa de Alckmin, pelo tempo correspondente a quatro inserções de 30 segundos cada na Rádio Globo, cinco inserções de 30 segundos cada na Rádio CBN, e três inserções de 30 segundos cada na Rádio Bandeirantes.

Mais Sobre Política - Nacional

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

Pelo projeto, o produtor que desenvolver uma nova cor de orquídea pode ser liberado da inscrever o produto no RNCA Comissão de Agricultura e Reforma A

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p