Domingo, 19 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Ministro do STF diz que consumidores têm que ser indenizados


Carolina Brígido - Agência O Globo BRASÍLIA - O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse que foi irresponsável e criminosa a paralisação dos controladores de vôo na sexta-feira. Primeiro, o ministro disse que os controladores teriam incorrido na prática de motim. Em seguida, defendeu a investigação dos fatos e afirmou que o crime cometido deveria ser indicado pelo Ministério Público. Segundo Mello, os consumidores que se sentiram lesados por danos morais ou materiais poderão entrar com ações judiciais contra a União para pedir a reparação do prejuízo. - (Os fatos são) extremamente graves, acho que os controladores agiram de modo criminosamente irresponsável, teriam incidido na prática tipificada no Código Penal Militar como motim. É um delito muito grave. Esse comportamento transgrediu e feriu de modo profundo dois valores constitucionais básicos da organização das Forças Armadas: a hierarquia e a disciplina - disse. O ministro explicou que, se a União for condenada judicialmente pelas conseqüências da atitude dos controladores de vôo, terá de pagar as indenizações aos consumidores. Em seguida, a União poderá cobrar o prejuízo financeiro dos servidores insubordinados. Para isso, a União precisaria comprovar a culpa dos funcionários sobre os danos gerados. Ele referiu-se aos usuários das companhias aéreas como vítimas e considerou importante que se entre com ações na Justiça contra o poder público. - Foi um gesto inaceitável. Há outras maneiras de reivindicar, o que não tem sentido é praticar atos que geram uma perturbação enorme que ocasionam danos materiais e morais imensos aos consumidores dos serviços de transporte aéreo. Esse comportamento irresponsável dos controladores vai gerar o dever de a União federal indenizar todos os passageiros. Isso é muito grave, porque resulta um ônus para o próprio cidadão. Somos nós, mediante pagamento de tributos, que damos suporte financeiro ao aparelho de estado - afirmou.

Gente de OpiniãoDomingo, 19 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Domingo, 19 de maio de 2024 | Porto Velho (RO)