Porto Velho (RO) quinta-feira, 24 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Ministério vai propor que idoso possa viajar de graça sem comprovar renda


Max Leone - Agência O Globo RIO - O Ministério de Desenvolvimento Social vai discutir uma proposta no Fórum da Previdência, que terá a primeira reunião no dia 7 de março, para que seja criado um mecanismo que garanta que os idosos que não têm como comprovar renda possam viajar de graça em ônibus interestaduais. Hoje, idosos com 60 anos de idade ou mais e renda de até dois mínimos (R$ 700) podem fazer viagens entre os estados gratuitamente ou com desconto de pelo menos 50%. O benefício é garantido pelo Estatuto do Idoso, regulamentado pelo decreto 5.934, de 2006. Para usufruir a gratuidade, o idoso tem que comprovar a idade, por meio de documento de identidade com foto, e renda, mediante a apresentação de algum desses documentos: contracheque de pagamento, carnê de contribuição para o INSS, extrato de pagamento de benefício ou Carteira de Trabalho com anotações atualizadas.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu