Porto Velho (RO) sexta-feira, 23 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Mineradora Rio Pomba Cataguases será multada em R$75 milhões


Agência O GloboBELO HORIZONTE - A multa aplicada a Mineradora Rio Pomba Cataguases, responsável pelo rompimento da barreira em Mirai, será de R$75 milhões. O valor da multa foi fixado na tarde desta quinta-feira, e é R$25 milhões maior que o divulgado ontem pelo governo de Minas Gerais. Segundo o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, José Carlos Carvalho, o valor é maior porque a empresa é reincidente, e porque existem possíveis danos causados a saúde da população e ao meio ambiente. Em março de 2006, a mesma barragem já tinha se rompido. Além da multa, as atividades da barragem foram definitivame nte interditadas.- Estamos aplicando a multa máxima prevista na legislação. Isso está ocorrendo nesse momento em razão de tratar-se de uma empresa reincidente, uma empresa de grande porte e com grande potencial poluidor, afirmou o secretário.A aplicação da multa e a interdição foram possíveis porque, há sete meses, foi aprovada uma nova lei ambiental em Minas Gerais. A legislação anterior previa um valor mil vezes menor que o aplicado, R$75 mil. O governo estadual ainda está analisando o pedido de indiciamento criminal e civil da mineradora.O secretário também explicou que a Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) fez seis vistorias no lugar do acidente entre março e novembro do ano passado. A empresa inclusive assinou um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público e com a participação da Feam.- A Feam fez vistorias no local da mesma maneira que foi feito o cadastro de todas as barragens de Minas. Estabelecemos também o relatório de auditoria de segurança das barragens. Em novembro passado, o relatório dessa barragem foi encaminhado, confirmando as providências adotadas. Lamentavelmente, isso não se confirmou. Neste momento, temos uma equipe de técnicos na região para verificar as causas do acidente, em articulação com o Ministério Público, afirmou José Carlos Carvalho.Ontem foram distribuídos mil cestas básicas, 500 colchões, 500 cobertores, material de limpeza e kits de primeiros-socorros. Roupas, calçados e móveis serão enviados ao município pelo governo estadual. O Corpo de Bombeiros de Minas já iniciou uma avaliação das casas atingidas. Ainda segundo a Secretaria de Meio Ambiente, será instalado em Miraí um posto da Secretaria de Desenvolvimento Social para capacitar profissionais e identificar oportunidades de empregos para os ex-trabalhadores da mineradora. O posto também vai oferecer serviço de emissão de documentos às pessoas que perderam carteira de identidade e de trabalho e certidões de nascimento.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç