Porto Velho (RO) domingo, 20 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Metade dos municípios deve ficar sem telefone por minutos


Eliane Oliveira - Agência O GloboBRASÍLIA - Pelo menos metade dos municípios brasileiros não vão oferecer a conversão da cobrança das ligações telefônicos de pulsos para minutos. Segundo o superintendente de Serviços Públicos da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Gilberto Alves, cerca de 2.800 localidades, em áreas atendidas pela Brasil Telecom e pela Telemar optaram por não implementar a conversão e, para compensar, desde 1º de março não estão mais cobrando chamadas locais. Isso se deve ao fato de que, como a nova modalidade exige contas detalhadas para o consumidor, as cidades que não têm condições de oferecer esses serviços não poderão cobrar.Alves participa de uma audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara. Os representantes dos usuários estão exigindo mais informações para o consumidor, para que ele faça a opção correta antes de migrar.Estão sendo oferecidas duas opções: o plano básico e o plano alternativo de serviço de oferta obrigatória. Especialistas consideram o segundo caso mais adequado para quem costuma fazer chamadas de longa duração ou acessa internet discada.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul