Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Mercadante espera arquivamento de processo no STF


Maria Lima, Agência O GloboBRASILIA - O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) disse neste sábado que foi escolhido como "bucha de canhão" e "bode expiatório" pelo delegado Diógenes Curado, da Polícia Federal de Cuiabá, por ter fracassado nas investigações sobre a origem do dinheiro usado para o pagamento do dossiê contra tucanos em São Paulo.Ele apontou falhas jurídicas nos indiciamentos, e disse que sofrerá uma dor de cabeça desnecessária no Natal, já que, espera, quando o inquérito chegar ao Supremo Tribunal Federal (STF) e á Procuradoria Geral da República, deverá ser arquivado por inconsistência .- É uma dor de cabeça desnecessária. Vou ter um péssimo Natal, mas faz parte. Quando o processo chegar no procurador Antônio Fernando, tudo será esclarecido. Não sei porque fui escolhido como bucha de canhão e bode expiatório pelo delegado que não queria aparecer nas manchetes como tendo fracassado nas investigações. Esse indiciamento é uma aberração jurídica e espero que o procurador dê a ele o destino que merece: o arquivamento - desabafou Mercadante.Ele disse que o delegado não podia responsabilizar seu comitê, sem mostrar, com documentação que o dinheiro entrou e como saiu.- Se ele não identificou a origem do dinheiro, não pode imputar responsabilidades sobre ele - disse Mercadante.Segundo o senador paulista, a Polícia Federal apresenta um padrão de excelência, mas nesse caso, o resultado é lamentável. - Ém inquérito sem consistência e sem lógica. Nunca apareci como investigado, nunca mostraram uma ligação minha com as pessoas envolvidas, como pode concluir que meu comitê omitiu na declaração a origem do dinheiro que pagou esse dossiê? - indaga Mercadante.

Mais Sobre Política - Nacional

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários protestam contra as resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da Uni