Porto Velho (RO) segunda-feira, 25 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Melhora o estado de saúde de ACM, mas senador continua na UTI


Agência O GloboSÃO PAULO - Em novo boletim médico divulgado neste sábado, o Instituto do Coração (Incor), do Hospital das Clínicas, em São Paulo, informou que o quadro clínico do senador Antonio Carlos Magalhães, de 79 anos, evolui com melhora progressiva. O parlamentar foi internado na quarta-feira para tratamento de uma pneumonia decorrente de uma forte gripe e, na quinta, foi levado para a UTI.O senador chegou a presidir, na manhã de quarta, a reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), com gripe. Por ser diabético e cardíaco, o senador foi aconselhado a fazer exames de rotina e os médicos diagnosticaram a pneumonia.O boletim acrescenta que a função renal e o quadro respiratório estão "estabilizados e sob controle de medicamentos". Diz ainda o comunicado que não há previsão de alta.A seguir, a íntegra do boletim:"Evolui com melhora progressiva o quadro clínico do Senador Antonio Carlos Magalhães, 79 anos, em seu terceiro dia de internação no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor-HCFMUSP), onde deu entrada em 7 de março, para exames de avaliação geral. O paciente passou as últimas 24 horas com função renal e quadro respiratório estabilizados e sob controle de medicamentos. Os parâmetros cardíacos e hemodinâmicos continuam estáveis, assim como sua capacidade de comunicação e de cognição. O Senador permanece sob cuidados intensivos e monitorização contínuos na UTI, sem, contudo, necessitar de suporte cardiorrespiratório. Não há previsão de alta."Novo boletim médico será divulgado somente na segunda-feira (12/3), a partir das 12h, salvo ocorram intercorrências importantes no quadro clínico que motivem edição extra do informativo médico."

Mais Sobre Política - Nacional

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO