Porto Velho (RO) quinta-feira, 16 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Marinho reúne-se com centrais sindicais em busca de apoio para uso do FGTS


Agência O Globo SÃO PAULO - O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, reúne-se na terça-feira com dirigentes das principais centrais sindicais para tentar convencê-los a apoiar a criação do fundo de investimentos em infra-estrutura com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).Uma das medidas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), anunciado pelo governo há duas semanas, a criação de um fundo com dinheiro do FGTS foi alvo de duras críticas das centrais.A Força Sindical e a Central Geral dos Trabalhadores (CGT) chegaram a entrar com uma ação direta de inconstitucionalidade contra a medida no Supremo Tribunal Federal (STF) no dia seguinte ao anúncio do PAC.As duas centrais defendem que cada trabalhador tenha a opção de, individualmente, aplicar ou não parte dos recursos que dispõe no FGTS. Exigem também que o governo, via Tesouro, garanta o rendimento mínimo de TR mais 3% às aplicações, que é a remuneração do FGTS, para os investimentos do fundo de infra-estrutura.A Central Única dos Trabalhadores (CUT) também não abre mão de que haja garantia de rentabilidade mínima para o dinheiro do FGTS a ser aplicado em projetos de infra-estrutura. Só que para a CUT, essa garantia poderia ser dada pelas empresas responsáveis pela execução das obras.-- A remuneração do FGTS é muito pequena e é perfeitamente possível criar garantias de rentabilidade mínima para os projetos, garantias que não seriam negociadas com o governo, mas diretamente com as empresas -- diz o presidente da CUT, Artur Henrique.A CUT quer também que os trabalhadores tenham assento no comitê que definirá os projetos beneficiados com recursos do FGTS.Ronaldo D'Ercole - O GLOBO

Mais Sobre Política - Nacional

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários protestam contra as resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da Uni