Porto Velho (RO) domingo, 18 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Marinho: Lula vai criar 8,5 milhões de empregos


Henrique Gomes Batista - Agência O GloboBRASÍLIA - Ao anunciar o número de empregos formais criados em 2005, com base na Rais (Relação Anual de Informações Sociais), o ministro do Trabalho, Luiz Marinho, disse que o governo vai criar 8,5 milhões de ocupações - entre empregos com carteira assinada, funcionários públicos, autônomos e informais - nos quatro anos de mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A promessa do então candidato Lula na campanha de 2002 era criar 10 milhões de empregos.Segundo os dados da Rais dos últimos três anos, somados aos do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) até agosto, o governo Lula já criou 5,762 milhões de empregos formais, incluindo as vagas com carteira assinada e no serviço público. Além disso, Marinho contabiliza 1,9 milhão de outras ocupações criadas entre 2003 e 2004 que foram apontadas pela PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio), do IBGE.- Já criamos 7,6 milhões de ocupações e vimos também que estamos melhorando o mercado de trabalho no Brasil, pois o crescimento do emprego formal está maior do que as outras ocupações, que incluem os autônomos e os informais - afirmou Marinho.O ministro disse ainda esperar uma explosão na geração de empregos em 2007 e 2008, principalmente por causa da Lei Geral da Microempresa, que deve ser aprovada em breve pelo Senado. - O presidente Lula não está fazendo projeções de emprego para o próximo mandato, mas se mantivermos essa política econômica, o aumento de vagas deve aquecer - disse o ministro.

Mais Sobre Política - Nacional

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele