Porto Velho (RO) terça-feira, 17 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Marinha Raupp destaca importância do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher



A Deputada Federal Marinha Raupp (PMDB) participou ontem, no Palácio do Planalto, da cerimônia de Posse das novas integrantes do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM) para o biênio 2008/2010. As Conselheiras, representantes do Poder Público Federal e de entidades da sociedade civil, terão, entre outras competências, promover políticas que visem eliminar a discriminação contra a mulher e assegurar sua participação nas atividades políticas, econômicas e culturais do país.

Durante o evento, Marinha Raupp (PMDB) parabenizou as novas Conselheiras e destacou a importância do CNDM para o desenvolvimento de políticas voltadas às mulheres. Ela lembrou ainda, que o II Plano Nacional de Políticas para as mulheres, lançado em março deste ano, também é um importante instrumento para o fortalecimento dos direitos femininos.  "Fico feliz em ver mulheres dos mais diferentes movimentos e entidades reunidas em busca de ideais, como a condição de igualdade de gênero".

Presidido pela ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéia Freire, o Conselho terá ainda por competência apresentar sugestões para a elaboração do planejamento plurianual do Governo Federal, o estabelecimento de diretrizes orçamentárias e a alocação de recursos no Orçamento Anual da União, visando subsidiar decisões governamentais relativas à implementação do Plano Nacional de Políticas para as Mulheres e participar da organização das conferências nacionais de políticas públicas para as mulheres.

Dentre as novas Conselheiras, estão Maria Elvira Salles Ferreira e Jeanete Assad Mazzieiro, do Fórum de Mulheres do Mercosul, além de representantes do Fórum Nacional de Mulheres Negras, do Movimento Articulado de Mulheres da Amazônia, do Movimento de Mulheres Camponesas, da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas, da Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica, da Liga Brasileira de Lésbicas, da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, entre outras, somando um total de 40 mulheres.

Fonte: Ascom
 

 

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç